fbpx
 

A Saúde Bucal do Brasileiro

Qualidade da Saúde Bucal

A Saúde Bucal do Brasileiro

A saúde bucal do brasileiro infelizmente não é das melhores. Uma pesquisa realizada pela revista Veja com mais de 1500 homens e mulheres, pertencentes as classes A e B de todas as regiões do país, mostra alguns dados preocupantes:

  • Não trocam as escovas de dente após três meses de uso – 65%
  • Levaram o filho pela primeira vez ao dentista entre 2 e 11 anos – 57%
  • Não consideram importante ir ao dentista regularmente – 48%
  • Não usam ou usam raramente o fio dental – 38%
  • Acham natural perder os dentes durante a velhice – 29%
  • Não escovam os dentes após as refeições – 27%
  • Não escovam os dentes ao acordar – 24%
  • Não escovam os dentes antes de dormir – 23%

 

Saúde Bucal Precária

Lembrando que grande parte das pessoas que participaram da pesquisa são das classes A e B, portanto são instruídas e com condições de buscar um bom serviço dentário.

 A má saúde bucal no Brasil

Haja vista a baixa porcentagem de pessoas que não utilizam o fio dental e não escovam os dentes antes de dormir, os problemas bucais mais registrados são cárie, gengiva sangrando e doença periodontal. Todos esses desconfortos são causados por esses dois pontos, falta de escovação e uso do fio dental. A saúde bucal do brasileiro não é nada boa.

O fio dental é fundamental para complementar a higiene oral, já que a escova de dente não consegue alcançar certos lugares para remover restos de alimentos. Se isso não for feito, as cáries e problemas periodontais aparecem, é só uma questão de tempo. Não escovar os dentes antes de dormir é um dos motivos para o surgimento de cáries, pois é quando o fluxo salivar diminui e os germes conseguem se instalar.

Outro ponto de extrema importância é levar crianças ao dentista desde cedo. Aos 10 anos, por exemplo, muita coisa já aconteceu na dentição, desde a queda dos dentes de leite e a chegada dos definitivos. Nesse meio tempo, a criança pode desenvolver cáries, se a higienização bucal não for adequada.

De que forma a saúde bucal influencia o organismo

A saliva possui mais de 150 milhões de bactérias que podem contribuir para outros problemas relacionados ao corpo, pois elas circulam por todo o sistema. As doenças que podem se manifestar são cardíacas, gastrite, diabetes e respiratórias. A ligação entre esses problemas e as bactérias está na doença periodontal, pois em alguns casos as bactérias estão presentes nessas mesmas doenças.

Saúde Bucal do Brasileiro

Os problemas cardíacos, por exemplo, são mais suscetíveis para quem também sofre de periodontite. Cerca de 25% das pessoas tem chances de desenvolver endocardite bacteriana. Doenças periodontais produzem substâncias inflamatórias que aumentam a resistência a insulina, isso pode fazer com que a diabetes se desenvolva.

A saúde bucal do brasileiro é precária e precisa de cuidados e conscientização. Uma boa higiene, juntamente com visitas regulares ao dentista, garante uma boca saudável, bem como o organismo.

No Comments

Post A Comment